tendências de marketing

 

As principais tendências de marketing digital previstas para 2023 estão se mostrando firmes. Isso é um sinal de que as empresas estão comprometidas em investir em marketing e que estão vendo resultados positivos.

A necessidade de se ter um olhar mais humano sobre o consumidor, combinada com a inteligência artificial (IA), promete elevar a humanização à macrotendência nos próximos anos. A IA chegou para quebrar paradigmas, mas é importante lembrar que ela é uma ferramenta para servir aos humanos, e não para substituí-los.

Segundo o Relatório CX Trends 2023 da Zendesk sobre as tendências da experiência do cliente , uma parcela superior a 30% dos entrevistados expressou que a qualidade primordial no âmbito do atendimento ao cliente é a amabilidade do agente de suporte.

Isso quer dizer que o atendimento humano tem valor para os consumidores.

As tendências de marketing dos últimos anos têm sido cada vez mais humanizadas, mesmo que de forma implícita nas estratégias. Por exemplo, o uso de influenciadores digitais é muito mais sobre influenciar pessoas comuns através da identificação do que simplesmente alcançar um grande público com tecnologia.

A humanização é um assunto que desperta paixão principalmente em quem entrou de cabeça no tema de maneira prática, sem se preocupar tanto com os algoritmos, mas acabou se surpreendendo positivamente com os resultados.

Portanto,  vou sugerir que a lista de tendências de marketing digital para 2024 seja liderada por ela, com uma grande expectativa de se tornar macrotendência.

 

1. Humanização

 

Embora muitas pessoas tenham medo de perder seus empregos e trabalhos para a inteligência artificial (IA), a humanização continuará sendo insubstituível na hora de entregar resultados que a tecnologia não consegue.

A expectativa é de que, apesar de todas as vantagens que a tecnologia pode oferecer aos consumidores na hora de agilizar processos, as pessoas continuem querendo se relacionar com pessoas.

A humanização como tendência de marketing digital é uma abordagem que se concentra em criar uma conexão mais pessoal com os clientes. Antes de tudo é importante lembrar que uma marca humana não é o mesmo que ter uma linguagem humanizada. 

Portanto, o primeiro passo é desenvolver genuinamente uma cultura centrada em pessoas. Com isso, naturalmente, o marketing digital poderá fluir com uma linguagem mais humana, com histórias e, assim, mostrar a personalidade da marca.

A humanização em termos de comunicação pode ser uma ferramenta poderosa para se conectar com os clientes e construir relacionamentos. Quando os clientes se sentem como se estivessem interagindo com pessoas reais, eles são mais propensos a confiar na marca e fazer negócios com ela.

Existem várias maneiras de humanizar a comunicação da marca. Algumas das estratégias mais comuns incluem:

  • Usar uma linguagem mais humana: Isso significa evitar jargões e usar uma linguagem que seja mais natural e fácil de entender.
  • Contar histórias: As histórias são uma ótima maneira de se conectar com as pessoas e criar uma ligação emocional.
  • Mostrar a personalidade da marca: A marca deve ter uma personalidade única que seja refletida em sua comunicação com os clientes.

A humanização é uma tendência que continuará a crescer em popularidade nos próximos anos. À medida que os consumidores se tornam mais exigentes, eles estão procurando marcas que sejam mais relacionáveis e humanas.

 

2. Conteúdo humanizado

 

A perspectiva é que a produção de conteúdo humanizado se mantenha em constante crescimento no marketing digital. Em termos de linguagem, conteúdo humanizado é aquele que se aproxima ao máximo de uma conversa espontânea e é capaz de gerar uma identificação forte com o público. 

Com base nisso, quem criar conteúdo autoral, criativo e autêntico, terá mais chances de se destacar na multidão e propagar sua mensagem.

 

3. Automação de marketing com personalização de atendimento

 

Promete se expandir em 2024, permitindo que as marcas automatizem processos e personalizem as interações com os consumidores em escala. Os chatbots inteligentes têm um papel importante na comunicação com os clientes, fornecendo suporte instantâneo e respostas personalizadas. 

Alimentados por inteligência artificial e aprendizado de máquina, os chatbots se tornarão cada vez mais sofisticados para oferecer experiências personalizadas e cada vez mais próximas do fator humano.

Será preciso muita criatividade para chegar perto da experiência humana, mas considerando situações em que consumidores querem respostas rápidas, essa é uma tendência para ser aplicada em atendimentos mais dinâmicos.

 

4. Experiência do cliente humanizada

 

A humanização no atendimento ao cliente é uma aposta arriscada para quem acredita no total domínio da IA no futuro. Mas, por enquanto, a tecnologia não tem condições de entregar a mesma experiência que um atendimento feito por um humano.

Ao contrário do atendimento automatizado, o atendimento humano tem toda a peculiaridade da fala e percepção das emoções que só uma pessoa real, de carne e osso, tem. Isso é algo que os consumidores mais exigentes valorizam e que promete ser uma das tendências de marketing mais desafiadoras para 2024.

Para oferecer uma experiência humanizada, as empresas precisam investir no treinamento de suas equipes de atendimento ao cliente. Isso significa ensinar os funcionários a entender as emoções dos clientes, a comunicar-se de forma eficaz e a resolver problemas de forma rápida e eficiente.

A humanização no atendimento ao cliente é um desafio, mas também é uma oportunidade. As empresas que oferecem uma experiência humanizada aos seus clientes terão uma vantagem competitiva no mercado.

 

5. Marketing Ágil

 

O marketing ágil é uma abordagem de marketing que se concentra na velocidade e na flexibilidade. Ele se baseia no conceito de “sprints”, que são períodos de tempo curtos (geralmente de uma a quatro semanas) durante os quais uma equipe trabalha para completar um conjunto específico de tarefas.

O marketing ágil é uma ótima maneira de as empresas se adaptarem rapidamente às mudanças no mercado. 

Outro benefício é a colaboração entre departamentos. Os setores de análise de dados, desenvolvimento web e design são alguns dos que se unem de forma colaborativa ao setor de marketing para que toda a dinâmica funcione.

 

6. Humor no conteúdo

 

O humor continua presente como tendência no marketing digital. As pessoas estão cada vez mais ocupadas e estressadas e, por isso, procuram formas de se divertir e relaxar. O humor pode ajudar as marcas a se conectarem com seus públicos em um nível mais pessoal e a criar uma experiência mais positiva.

Há muitas maneiras de usar o humor no conteúdo de marketing digital. Você pode usar memes, vídeos engraçados, ou até mesmo apenas um pouco de sarcasmo em suas postagens nas redes sociais. O importante é ser criativo e encontrar uma forma de fazer as pessoas rirem. Eu acredito que humor é sobre fazer bem às pessoas, é uma forma de ser gentil.

Consequentemente, pode ser uma ótima maneira de aumentar a visibilidade e melhorar a reputação de uma marca e atrair novos clientes. Melhor ainda: criar um senso de comunidade entre fãs e seguidores.

Vale lembrar que as pessoas percebem quando uma marca “força a barra” ao criar conteúdo engraçado, quando não tem essa característica natural. 

 

7. Comunicação inclusiva e diversa

 

A comunicação inclusiva e diversa é uma tendência de marketing digital que está crescendo em popularidade. Isso ocorre porque o mundo é diverso e as pessoas estão procurando marcas que refletem suas experiências.

As marcas que abraçam a diversidade e a inclusão estão bem posicionadas no mercado e conseguem se conectar com um público mais amplo e construir relacionamentos mais fortes com seus clientes. Elas também estão mais propensas a ter sucesso no marketing.

Três exemplos de campanhas de marketing de grandes marcas:

  • “Real Beauty Sketches”, da Dove: sobre como as mulheres são vistas por si mesmas e por outras pessoas e, assim, a marca mostrou como valoriza a beleza real.
  • “Dream Crazier”, da Nike: sobre as histórias de mulheres que quebraram barreiras e alcançaram seus sonhos e, assim, a marca mostrou como apoia a igualdade de gênero.
  • “Don’t Buy This Jacket”, da Patagônia: sobre a importância das pessoas pensarem antes de comprar roupas novas e, assim, a marca mostrou como se preocupa com o meio ambiente.

Essas campanhas foram bem sucedidas porque além de abordar temas universais e inclusivos, se conectam com as pessoas em um nível emocional. Essa comunicação mostrou que as marcas se preocupam com as pessoas e com o mundo ao seu redor. Isso ajudou as marcas no alcance de seus objetivos de marketing e na construção de uma reputação positiva.

 

8. Dados 

 

Os dados são uma tendência estratégica para a personalização avançada baseada em dados, inteligência artificial e aprendizado de máquina no marketing, privacidade e ética no uso de dados, análise preditiva e antecipação das necessidades dos consumidores.

Os dados são cada vez mais importantes para a elaboração de ações estratégicas e é uma das tendências de marketing que contam com a tecnologia. As marcas que souberem coletar, analisar e aplicar dados de forma estratégica terão uma vantagem significativa na criação de campanhas mais eficazes e na tomada de decisões.

Alguns exemplos de como as marcas estão usando dados para melhorar suas estratégias de marketing:

  • Personalização avançada baseada em dados: as marcas estão usando dados para criar experiências personalizadas para seus clientes. Isso pode incluir o envio de e-mails personalizados, a recomendação de produtos ou serviços relevantes e o fornecimento de suporte ao cliente personalizado.
  • Inteligência artificial e aprendizado de máquina no marketing: as marcas estão usando inteligência artificial e aprendizado de máquina para automatizar tarefas, prever comportamentos e tomar decisões em tempo real. Isso pode ajudar as marcas a melhorar a eficiência, a eficácia e a personalização de suas campanhas de marketing.
  • Privacidade e ética no uso de dados: as marcas precisam estar cientes das preocupações de privacidade e ética relacionadas ao uso de dados. Elas precisam garantir que estão coletando, armazenando e usando dados de forma segura e ética.
  • Análise preditiva: as marcas estão usando análise preditiva para prever comportamentos futuros. Isso pode ajudar as marcas a tomarem decisões mais informadas sobre suas campanhas de marketing e seus produtos e serviços.
  • Antecipação das necessidades dos consumidores: as marcas estão usando dados para antecipar as necessidades dos consumidores. Isso pode ajudar as marcas no lançamento de novos produtos e serviços que sejam relevantes para seus clientes.

Os dados são uma ferramenta poderosa que as marcas podem usar para melhorar suas estratégias de marketing. Ao coletar, analisar e aplicar dados de forma estratégica, as marcas podem criar campanhas mais eficazes, tomar decisões melhores e se conectar com seus clientes de uma forma mais pessoal e, assim, tornar sua cultura digital mais humana.

 

9. Cashback e programas de pontos

 

O cashback e os programas de pontos são duas tendências de marketing digital que estão crescendo em popularidade. Ambas as estratégias oferecem aos consumidores a oportunidade de economizar dinheiro ou ganhar recompensas por suas compras.

O cashback é uma estratégia em que os consumidores recebem uma parte do valor de suas compras de volta em dinheiro. Isso pode ser feito através de cartões de crédito, aplicativos ou programas de fidelidade. Os programas de pontos funcionam de forma semelhante, mas os consumidores recebem pontos em vez de dinheiro. Esses pontos podem ser resgatados por produtos, serviços ou descontos em futuras compras.

O cashback e os programas de pontos são uma ótima maneira de incentivar os consumidores a comprar mais. Eles também ajudam a melhorar a fidelidade dos clientes e aumentar as vendas.

Exemplos de como o cashback e os programas de pontos estão sendo usados ​​em marketing digital:

  • Cartão de crédito com cashback: alguns cartões de crédito oferecem cashback em todas as compras. Isso pode ser uma ótima maneira de economizar dinheiro em suas compras diárias.
  • Aplicativo de cashback: existem vários aplicativos que oferecem cashback em compras feitas em lojas físicas ou on-line. Esses aplicativos podem ser uma ótima maneira de economizar dinheiro em suas compras.
  • Programa de fidelidade: muitos varejistas oferecem programas de fidelidade que recompensam os clientes por suas compras. Esses programas podem oferecer cashback, pontos ou recompensas gratuitas.

O cashback e os programas de pontos são estratégias excelentes para economizar dinheiro e obter recompensas em suas compras. Além disso, tais iniciativas podem fortalecer a lealdade dos clientes e impulsionar as vendas das empresas. No contexto digital atual, é crucial que o marketing de relacionamento se torne cada vez mais humanizado para alcançar o sucesso.

 

10. Inteligência artificial (IA)

 

Uma das tendências de marketing em pauta no mundo todo, a IA está a cada dia que passa, mais conhecida por sua aplicabilidade diversa.

Com o avanço da tecnologia, as empresas estão aproveitando a IA para melhorar a personalização, automatizar processos, oferecer suporte ao cliente e analisar dados em escala. 

A IA permite a criação de experiências altamente relevantes para os consumidores, impulsionando o envolvimento, gerando engajamento e fidelidade. 

O marketing é uma das áreas que mais usará a inteligência artificial para otimizar seus processos com algoritmos inteligentes na realização de campanhas de marketing, identificação de tendências emergentes e para fornecer insights que ajudarão na tomada de decisões estratégicas. 

A IA continuará a moldar o futuro do marketing, capacitando as empresas para o alcance de resultados mais eficazes, principalmente pelos impactos gerados no marketing digital. 

 

Conclusão

 

Para as empresas que pretendem seguir as tendências de marketing apontadas para 2024, a dica é continuar fazendo pesquisas contínuas sobre o mercado e o comportamento humano.

As pessoas estão mais atentas e exigentes em relação aos valores da marca, sustentabilidade, bem-estar e qualidade de vida, por isso, adote abordagens mais humanizadas.

Estas são algumas das expectativas de tendências de marketing para 2024. Em uma ponta temos a humanização e na outra a IA (inteligência artificial). Ao contrário do que muitos pensam e temem, elas não são opostas, nem inimigas. Na verdade, são complementares e devem ser usadas com bom senso, responsabilidade e respeito às pessoas.

 

Compartilhe este artigo com seu time de marketing e muito sucesso!