marketing-de-influencia-para-líderes

“Tenho coisa mais importante para fazer do que ficar postando nas redes sociais”. É comum ouvir afirmações como essa. Principalmente de profissionais em cargos de liderança. De fato, é um grande desafio dar conta de tantas coisas e ainda ter que gerenciar nossos perfis nas redes sociais para investir no marketing pessoal. Mas, olha, eu preciso te dizer que as coisas mudaram muito no mercado de trabalho e na forma como as pessoas se relacionam com as marcas. E ainda tem muita água para rolar e transformar os cenários quando o assunto é marketing e vida profissional. Leia até o fim e entenda como Marketing de Influência nas redes sociais pode fortalecer a reputação da empresa a partir de líderes.

 

Primeiro, eu preciso te mostrar alguns dados interessantes sobre as mídias sociais e em seguida algumas razões para levarmos o assunto ainda mais a sério.

 

De acordo com o Instituto Qualibest, os dois grandes fatores que mais influenciam as pessoas na hora de comprar são: 

 

1º lugar: indicação de amigos e parentes 

2º lugar: influenciadores digitais

 

3 razões e benefícios para usar o seu perfil pessoal nas redes sociais

 

1) As empresas cujos líderes publicam nas redes sociais são percebidas 23% mais positivamente no mercado. Fonte: Hootsuite – The Social Executive

 

2) A soma dos contatos/ conexões dos funcionários nas redes sociais chegam a ser 10 vezes maior do que a soma de seguidores de uma marca nas suas próprias redes. Fonte: Linkedin

 

3) As mensagens de uma empresa quando postadas pelos funcionários são compartilhadas 24 vezes mais do que quando publicadas diretamente pelo perfil da marca. Fonte: TNT – State of User Generated Content 2021. 

 

Conclui-se que os funcionários são os melhores influenciadores e embaixadores do lugar onde trabalham. Além disso, vale ressaltar que esses dados têm muito a ver com a forma como estamos nos relacionando nos meios virtuais e estabelecendo confiança que, inclusive, é o maior ativo da Influência. 

 

Você sabe qual é a mídia que lidera o topo do ranking de confiança?

LinkedIn não é a mídia com mais pessoas cadastradas ou a mais utilizada, mas olha só que interessante observar o fato dela estar no topo do ranking da confiança e, assim, naturalmente, impactar o nível de influência. Além disso, vale olhar também para os benefícios que a plataforma tem no mundo inteiro.

 

Sobre a influência e o marketing

 

Influência é o ato ou efeito de influir, de causar uma ação, um afeto, um resultado em outra coisa ou pessoa. Ação que uma pessoa exerce sobre outra, influxo: influência do poder sobre o indivíduo. 

 

Marketing de influência é uma estratégia para aumentar a confiança dos clientes, humanizar as relações comerciais, ampliar a reputação positiva da marca e, consequentemente, vender mais. De acordo com uma pesquisa sobre ROI & Influência, realizada pela consultoria YouPix, “71% das empresas consideram atualmente o marketing de influência como parte importante de suas estratégias de comunicação”. 

 

Quando penso em influência no cenário do marketing, é impossível não associar ao fator humanização, sobretudo no ambiente digital. Neste sentido, influenciar é sobre inspirar as pessoas com a sua mensagem. Não é sobre fama ou manipulação.

 

Ser uma pessoa genuinamente influenciadora é impactar positivamente a vida das pessoas e contribuir para o alcance de um objetivo e também para um mundo mais gentil e humanizado.

 

No entanto, ainda há a visão de que influência digital é para blogueiros, famosos e “influencers” com milhões de seguidores. Quando na verdade estamos falando de algo muito mais simples, possível e para todas as pessoas.

 

No contexto empresarial, um dos objetivos do marketing de influência a partir de líderes é criar uma poderosa relação de confiança com diferentes públicos e fortalecer a reputação das marcas, tanto a marca empresa quanto a marca pessoal da pessoa líder. 

 

Mas como, então, colocar em prática essas ideias e usar as redes sociais com mais estratégia? Comece pelo conteúdo.

 

8 dicas para desenvolver o marketing de influência nas redes sociais

 

Todas as pessoas influenciam outras de alguma maneira. No entanto, não existe uma fórmula mágica para criar influência ou aumentá-la do dia para noite. Apenas comece com ideais de conteúdo útil para o público que você quer alcançar. 

 

Que tal usar sua liderança e influência para o bem e para ajudar a construir uma rede sólida de conexões?

 

  1. Compartilhe suas experiências e habilidades profissionais de um jeito fácil de entender
  2. Publique sobre notícias e novidades que impactam o seu segmento profissional
  3. Escreva sobre temas que estão sendo abordados no seu mercado
  4. Interaja com as pessoas com as quais se identifica e que são importantes para seu networking
  5. Compartilhe vulnerabilidades que afetam sua vida pessoal e profissional
  6. Celebre suas conquistas e também as das pessoas da sua rede
  7. Colabore e ajude com as pessoas e também saiba pedir ajuda
  8. Faça comentários relevantes em posts de outras pessoas

 

No LinkedIn: 7 ideias de temas de conteúdo que engajam 

 

Todas as mídias digitais têm suas particularidades. Acredito que o LinkedIn seja a plataforma ideal para pessoas que desejam aprofundar conversas e explorar assuntos que vão além do entretenimento. 

Listei algumas ideias de temas que podem te inspirar a trabalhar no seu perfil pessoal e, assim, ampliar sua voz e também fortalecer a reputação da empresa em que você trabalha.

 

  1. Como você ingressou na profissão e quais conselhos práticos você daria para alguém que deseja entrar na sua área e avançar na carreira
  2. O que você faria diferente se precisasse recomeçar a sua carreira e por quê?
  3. As habilidades essenciais para o seu cargo 
  4. Como sua profissão ou setor mudou desde o início da sua carreira
  5. Os principais problemas do seu setor
  6. As previsões para o seu segmento de mercado em 5, 10 ou 15 anos
  7. Os desafios você percebe para o futuro da sua profissão

 

 

10 comportamentos para evitar nas redes sociais

 

Saber o que não fazer também é importante para gerir positivamente a marca pessoal e profissional e, por conseguinte, ampliar a influência digital. 

 

  1. Se envolver em polêmicas para aparecer 
  2. Fazer marketing pessoal agressivo e ter uma comunicação hostil
  3. Pedir ajuda e nunca contribuir com ninguém
  4. Plagiar conteúdo e ideias
  5. Marcar pessoas nos posts com intenção de apenas aumentar sua própria visibilidade
  6. Incluir pessoas em grupos sem autorização delas
  7. Corrigir as pessoas publicamente de modo que as constranja
  8. Criar conteúdo com linguagem difícil
  9. Postar conteúdo sem um propósito específico e com significado
  10. Criar conteúdo apenas para caçar likes

 

Conclusão

Espero que eu esteja bem perto do meu objetivo: te convencer, ou melhor, influenciar, a usar as redes sociais com mais frequência, com foco na sua marca pessoal. E assim, você contribuirá com a visibilidade e a boa reputação da empresa e, claro, com o engajamento dos seus times

 

Construindo confiança por meio do seu conteúdo e experiência, te garanto que todos os envolvidos sairão ganhando e que seus negócios e sua carreira irão para outro patamar de sucesso.

 

Por fim, te faço um convite, ou melhor, dois: envie este artigo para alguém que te influencia positivamente e depois escreva um post compartilhando no seu LinkedIn uma dica, um conselho ou alguma informação sobre suas experiências profissionais. 

Sucesso!