festas de final de ano

“É obrigatório ir na festa de final de ano?”
“Será que vai ter alguma dinâmica e eu vou precisar falar em público?”
“Quais serão as atrações?”

Se você faz parte da organização das festas de final de ano da sua empresa, provavelmente já se deparou com algumas dessas perguntas. 

Por mais que o planejamento envolva inúmeras decisões logísticas e criativas, as festas de fim de ano corporativas são bem mais do que apenas uma grande celebração: são oportunidades únicas para engajar, valorizar e conectar os colaboradores, especialmente em um cenário de trabalho remoto/híbrido, onde a interação com os colegas torna-se um desafio ainda mais significativo. 

Segundo o relatório de 2023 do Achievers Workforce Institute, 79% dos funcionários preferem se manter em um emprego onde se sentem valorizados, e isso vai muito além da remuneração no final do mês. Sendo assim, a festa de final de ano pode ser uma excelente aliada para enaltecer o trabalho dos colaboradores e aprimorar o nível de engajamento. 

Neste artigo, exploraremos estratégias para transformar as festas de final de ano da sua empresa em oportunidades reais de engajamento e valorização dos colaboradores, promovendo um ambiente de trabalho mais saudável, produtivo e harmonioso para o próximo ano. 

 

5 estratégias para as festas de final de ano da empresa

 

  1. Entenda as necessidades dos seus colaboradores e o que é valioso para eles

Da mesma forma que as empresas buscam conhecer as necessidades dos clientes, é fundamental reconhecer que os colaboradores possuem demandas específicas que merecem atenção. 

Quando os funcionários percebem que são ouvidos, eles se sentem mais valorizados e genuinamente conectados à cultura organizacional, resultando em um aumento significativo na participação e engajamento.

Sendo assim, compreender o que seus colaboradores desejam é primordial para criar uma experiência significativa durante as festas de final de ano.

Portanto, antes de iniciar o planejamento para as ideias de festa, que tal separar um tempinho para conversar com alguns funcionários?

Nesse momento, você pode utilizar algumas ferramentas do Design Thinking, como imersão e entrevistas de empatia, para entender o que é valor para os seus colaboradores e projetar experiências na festa que realmente convergem com as suas necessidades. 

 

  1. Engaje as lideranças de outras áreas para construir junto com você

Um dos papéis fundamentais da liderança é impulsionar o engajamento dos seus times, e as festas de final de ano são uma oportunidade e tanto pra fortalecer esse compromisso.

Quando as lideranças fazem parte da construção, elas se tornam modelos de comportamento e valores para toda a equipe, despertando mais confiança e engajamento dos seus liderados.

Para envolver as lideranças na organização da festa de final de ano, você pode incentivar reuniões ou grupos de trabalho, nos quais líderes de diferentes departamentos possam compartilhar ideias e serem responsáveis por alguns momentos-chaves durante o evento, à medida em que tiverem disponibilidade.

Além disso, a liderança desempenha um papel importante na avaliação do clima organizacional e na compreensão das necessidades dos colaboradores, portanto, ouvi-los e compartilhar ideias é uma ótima forma de garantir uma experiência relevante durante a festa. 

 

  1. Aproveite esse momento para alinhar os valores da empresa

Deixar os valores da empresa em um mural no escritório não garante que eles estejam de fato presentes no dia a dia dos colaboradores.

Utilizar de um ambiente descontraído, como a festa de final de ano, para passar mensagens importantes é uma maneira muito eficaz de fortalecer o alinhamento cultural.

Integrar os valores da organização às celebrações pode ser feito de diversas formas: desde apresentações que destacam a importância desses princípios na cultura da empresa, workshops de planejamento para o próximo ano ou até mesmo uma dinâmica de reconhecimento dos colaboradores que mais aderem aos valores da empresa.

Ao reservar um momento para discutir sobre isso, os colaboradores são lembrados da missão e dos princípios que norteiam a empresa, contribuindo para fortalecer o seu compromisso com a organização.

 

  1. Celebre as conquistas e reconheça o esforço dos colaboradores

Celebrar as conquistas e reconhecer todo o comprometimento e esforço durante o ano pode acabar ficando em segundo plano no ritmo acelerado do dia a dia.

No entanto, é fundamental estabelecer momentos destinados à valorização dos funcionários, especialmente considerando que 89% das empresas já reconhecem que bons resultados estão ligados à felicidade dos colaboradores.

Uma ótima maneira de promover essa valorização é criando dinâmicas nas quais os funcionários reconhecem uns aos outros por atitudes ou conquistas significativas ao longo do ano. 

A Google é um exemplo notável de empresa que abraça esse tipo de iniciativa. Eles possuem um programa interno chamado “Peer Bonuses”, onde os funcionários têm a oportunidade de reconhecer o excelente trabalho de seus colegas e, como forma de apreciação, conceder bônus em dinheiro.

Essa abordagem não apenas fortalece o espírito de equipe, mas também reforça o senso de apreciação mútua, promovendo um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo.

 

  1. Incentive a construção de relacionamentos e conexões verdadeiras

Incentivar momentos de conexões verdadeiras durante a festa de final de ano é fundamental para fortalecer os laços entre os colaboradores. Mas convenhamos, as interações, quando forçadas, podem gerar um certo desconforto.

Portanto, além de planejar atividades destinadas às interações durante a festa, como dinâmicas de quebra-gelo, é essencial criar um ambiente de descontração e acolhimento, permitindo que as trocas ocorram de forma autêntica. São nesses momentos mais informais que as conexões verdadeiras têm maior probabilidade de surgir.

Ao proporcionar um espaço onde os colaboradores compartilhem suas histórias, experiências e aspirações pessoais de maneira despretensiosa, a empresa não apenas facilita uma comunicação mais sincera, mas também promove a compreensão mútua, a empatia e a colaboração entre os membros da equipe.

 

Conclusão

 

Em um ambiente de trabalho extremamente volátil e dinâmico, as festas de final do ano se destacam como uma estratégia muito eficaz que representa bem mais do que apenas uma celebração. Elas simbolizam uma oportunidade única para as empresas avaliarem suas realizações, reconhecerem o esforço de seus colaboradores e fortalecer a cultura da empresa.

Para fazer uso de todo o potencial que esse momento proporciona, o ponto de partida é ter uma mentalidade empática para compreender as necessidades dos colaboradores. Isso pode ser feito através de conversas e também da aproximação com as lideranças de cada time. 

Além disso, é importante separar um momento para reconhecer as conquistas dos colaboradores e alinhar os valores da empresa, garantindo que todos estejam partindo do mesmo lugar para atingir os objetivos do próximo ano.

Deseja se aprofundar em estratégias para engajar os colaboradores não só durante as festas, mas o ano inteiro?  Leia agora sobre  “Programas de incentivo com foco em reconhecimento”.