Campanhas de incentivo de vendas são estratégias usadas para motivar colaboradores de uma empresa e mantê-los comprometidos com o alcance das metas e de resultados cada vez melhores.

Um estudo da Incentive Research Foundation mostrou que  90% das empresas com melhor desempenho utilizam programas de incentivo para reconhecer e recompensar funcionários.

Engajar é a palavra de ordem!

campanhas de incentivo de vendas

Como já disse Mario Sergio Cortella, “reconhecimento é a melhor forma de estimular alguém”. E a principal causa da desmotivação é justamente a ausência de reconhecimento. Não se trata de exagerar nos elogios, é sobre “dar a energia vital ao funcionário para continuar fazendo e seguindo em frente”.

Estimular, motivar, engajar e reconhecer as pessoas pode parecer uma tarefa simples de realizar por qualquer um a qualquer momento. Mas não se engane, é necessário entendimento e muito planejamento. Caso contrário, o resultado será uma coleção de campanhas desinteressantes, vazias, com baixo envolvimento e que só geram gastos. Vale lembrar que colaboradores são clientes internos de uma empresa e são os primeiros a merecerem o melhor tratamento e, por isso, devem ser fidelizados dia após dia.

Três pilares que atraem e fidelizam clientes internos

Antes de conferir os cinco exemplos de campanhas de incentivo de vendas, é importante saber a diferença entre os três principais pilares que atraem e fidelizam clientes internos: remuneração, benefícios e incentivos.

Remuneração: forma de pagamento fixa ou variável. A remuneração fixa está diretamente ligada ao valor do colaborador, que o levou a conquistar o cargo, enquanto a variável está voltada para o seu desempenho, como o alcance de metas de equipe, por exemplo.

Benefícios: geralmente são constantes e não diretamente ligados a uma meta específica. É um valor agregado à remuneração e que não deixa de ser uma motivação. Além disso, é uma forma muito positiva de atrair e fidelizar bons profissionais e, uma empresa que oferece um bom programa de benefícios possui uma taxa de turnover menor do que a média.

Incentivos: geralmente estão atrelados a uma meta ou campanha e, por isso, entram na categoria variável. Não precisam ser em dinheiro necessariamente. E como o nome já diz, pode ser toda e qualquer forma de incentivar a equipe. Um exemplo de incentivo pode ser um voucher ou um prêmio para o colaborador que atingir os melhores resultados.

Equipes de vendas precisam de incentivo de vendas

E é neste pilar que eu quero focar: incentivos de vendas. Pois se tem uma área que precisa de incentivo, é essa! Como citei anteriormente, já se sabe que a sua primeira venda é para o seu colaborador. Especialistas em endomarketing afirmam que se o seu colaborador não compra a ideia do seu negócio, não tem venda efetivamente.

Por isso, empresas que “pensam fora da caixa” têm obtido sucesso em suas campanhas internas, investindo com quem entende do assunto.

Você pode ter uma equipe interna que cuide de toda a estrutura para a realização de campanhas, que geralmente estão ligadas ao RH. Ou simplesmente pode terceirizar esse tipo de serviço, contratando empresas que oferecem sólidas propostas, que envolvem a especialização necessária para o desenvolvimento de ecossistemas com soluções em transformação digital, end-to-end, loyalty, data e tech, entre outras.

Uma campanha de incentivo de vendas precisa estabelecer metas e premiações a elas atreladas, ou seja, os vendedores que atingirem os objetivos determinados serão recompensados, o que aumenta a força de venda.

O principal objetivo desse tipo de campanha é aumentar a motivação de uma equipe. E é fundamental a análise e correção de problemas referentes às vendas anteriormente realizadas. Se você trabalha gerindo times de vendas e já sabe que as campanhas de incentivo são fundamentais para melhorar o desempenho e os resultados, precisa ter em mente alguns passos.

Três passos fundamentais para incentivar times de vendas

  1. Conhecer a equipe: parece redundante, mas se você conhece a fundo seus liderados, ficará mais fácil apresentar a necessidade da equipe aos responsáveis pelo desenvolvimento da campanha e, com isso, ter uma melhor abordagem.
  2. Determinar as métricas: ter clareza sobre o objetivo final é fundamental para o monitoramento e análise de KPI’s e resultados eficazes.
  3. Engajamento da força de venda: os resultados da campanha serão eficazes se a força de vendas estiver comprometida e engajada em alcançar os objetivos. Isso gera competitividade e resultados positivos.

Agora que trilhamos este caminho até aqui, vamos ver os cases de sucesso.

5 exemplos de campanhas de incentivo de vendas para melhorar o desempenho dos times

  1. Bauducco: campanha de vendas “Forza”

A maior fabricante de panetones do mundo, com colaboradores em mais de 50 países, realizou a Campanha de Vendas “Forza” no Brasil, com o lema “Conquiste resultados e abra o caminho para a Itália”

Os colaboradores brasileiros da Bauducco participaram de uma campanha de vendas para superar a meta anual de sell-in por categoria e geral. As equipes de vendas direta e distribuidores participantes concorreram a uma viagem para a cidade de Turim, na Itália. Dio mio! Mamma mia! Che bellezza!

  1. Magazine Luiza: Eu mereço um Upgrade.

Empresa brasileira do setor do varejo multicanal, o Magazine Luiza apostou nas comissões de vendas para incentivar os colaboradores. Com o passar dos anos, começou a se modernizar e criar campanhas de incentivo cada vez mais efetivas e alinhadas com o bem-estar das pessoas.

Com o objetivo de aumentar as vendas de produtos de informática e contribuir para o bom desenvolvimento de seus colaboradores, foi desenvolvida a campanha Eu mereço um Upgrade.  A ideia partiu da seguinte linha de pensamento: como os produtos de informática exigem conhecimento da língua inglesa para pronunciar nomes, explicar atributos técnicos e outras peculiaridades dos itens, foram oferecidas bolsas integrais de estudo em cursos de inglês para seus vendedores.

Para ajudá-los a conquistarem mais vendas, todos os clientes que comprassem a partir de R$ 500,00 em produtos da linha de informática, concorriam a um intercâmbio para Toronto – Canadá, com as acomodações pagas.

  1. Mary Kay: carro rosa

Você já viu o carro rosa da Mary Kay? A marca de cosméticos americana dá um carro cor de rosa para as “diretoras independentes”, ou seja, as melhores vendedoras. A vice-presidente de marketing da Mary Kay Brasil, Shana Peixoto, diz que o prêmio automotivo é mais que um facilitador de logística no dia a dia das consultoras de beleza. Ele também permite que as mulheres se desprendam das amarras sociais no momento do início do programa “Troféu sobre Rodas”, existente há mais de 50 anos.

Shana explica que “no segmento de vendas diretas, é preciso fazer entregas constantes dos produtos para as clientes, e muitas consultoras dependem de transporte público. Portanto, o carro instituído por Mary Kay como uma premiação de reconhecimento não deixa de ser um instrumento de negócios para o desenvolvimento profissional dessas mulheres”.

No Brasil, já foram entregues mais de mil carros, fazendo com que a empresa conseguisse ampliar seus números, impulsionados pelas representantes que se dedicam a bater metas em busca do prêmio cor de rosa.

  1. Banco Toyota: Viva o Mundo

Para a Campanha “Viva o Mundo” foi escolhida a Região do Porto, em Portugal. A viagem é realizada anualmente e tem como foco premiar os melhores consultores e gerentes de vendas de varejo da rede de distribuidoras Toyota de todo o Brasil, que alcançaram as metas, além de alguns colaboradores do departamento comercial e staff do banco. Nada mal ter a chance de passear em Porto.

  1. Mondelez: Time de Campeões

A multinacional norte-americana do ramo alimentício criou um sistema de pontos com mecânica para contemplar diversas áreas da empresa. Na campanha Time de Campeões, os colaboradores ganham pontos por produtividade e vendas, por exemplo. O objetivo foi o de reconquistar a credibilidade na entrega de prêmios e, assim, aumentar o engajamento dos colaboradores.

Conclusão

Em resumo, há várias formas de desenvolver campanhas de incentivo de vendas. Com a estratégia certa e um planejamento coerente com a realidade da empresa, seus negócios podem alcançar resultados impressionantes ao envolver as equipes de trabalho.

Você pode dar prêmios, como eletrodomésticos, cursos, viagens, vale compras, eletrônicos ou passeios personalizados e muito mais. O importante é alinhar as expectativas e fazer com que a campanha seja boa para todos.

Quer ajuda para desenvolver campanhas de incentivo de vendas atrativas e bem sucedidas? Conheça a plataforma Premmiar, que nasceu para descomplicar o mercado de incentivo e fidelização. Investir em seus colaboradores e fidelizar clientes é o melhor caminho para aumentar a produtividade da empresa e ampliar sua receita.